Rua: Padre Tiago Avico, 1815
Candelária - Natal/RN

O Sindicato

Criado em 4 de outubro de 1997, o SINTRAJURN surgiu em substituição a dois sindicatos: o SINJUTRA – Sindicato dos Trabalhadores da Justiça do Trabalho (extinto por resolução administrativa em 1995) e o Sindicato dos Trabalhadores da Justiça Eleitoral, fundado em 30 de julho de 1993, que após eleger a sua 3º diretoria, deixou de atuar devido as pressões da administração do órgão. A extinção de ambas entidades foi um fato que marcou historicamente a construção desta entidade; toda a categoria, nesse momento, se mostrou resistente e dezenas de filiados autorizaram o desconto da contribuição sindical em conta corrente, chegando uns a até realizar a contribuição através de recibos. Esses acontecimentos foram determinantes para o nascimento da idéia da fundação de um sindicato unificado que representasse as justiças federais do Rio Grande do Norte. E assim aconteceu.

Durante a existência do SINJUTRA e o período em que ele esteve no ostracismo, seus fundadores, através da FENAJUFE e outras entidades, participaram de batalhas que resultaram em conquistas memoráveis para os servidores do judiciário federal, como o enquadramento do judiciário na tabela especial do funcionalismo em 1992; lutaram pela aprovação, em 1996 da Lei 9.421, do primeiro Plano de Cargos e Salários; defenderam a transparência e a democratização do judiciário e o fim da representação classista na justiça do trabalho; combateram os desmandos nas administrações públicas, contra o nepotismo e a requisição de funcionários fantasmas.


É nesta entidade que conduzimos o nosso futuro e que construímos o nosso destino. Faça parte dela, filie-se!

A partir do seu registro em 1998, o SINTRAJURN fortalecido, após o restabelecimento das consignações em folha, não obstante o obstáculo imposto pela administração do TRT, encampou a luta pela aprovação, em 2002 da Lei 10.475, revisão do PCS e em 2004, pelo aumento da GAJ de 12 para 30%; posicionou-se contra as reformas neoliberais dos governos FHC e Lula e, em 2005, luta pelo envio, à Câmara Federal, do ante-projeto de um Plano de Carreira já aprovada pelo STF em 24/08/2005; ajuizamento de dezenas de ações judiciais e pedidos administrativos que buscam garantia de direitos dos sindicalizados, entre os quais reposição salarial e incorporação de quintos e, finalmente, luta na defesa dos servidores efetivos, concursados.

O sindicato após funcionar na própria residência do então coordenador, Wilson Barbosa, passou a ocupar uma sala alugada no Edifício Profissional Center. Na primeira quinzena de outubro de 2004, o SINTRAJURN adquiriu esse espaço, onde no mês de novembro do mesmo ano iniciou suas atividades em sede própria. Em outubro do ano de 2006 se inicia a reforma da atual sede, finalizada no último mês Junho, concretizando a meta de termos um espaço para receber todos os sindicalizados.

O novo prédio conta com um auditório climatizado com capacidade para 75 pessoas confortavelmente sentadas. No primeiro andar, três salas recebem atualmente a administração, as assessorias (jurídicas e de imprensa) e a direção. A área social, dois banheiros e a copa completam o espaço superior da nova sede. No térreo, uma aconchegante recepção dá as boas vindas ao sindicalizado. Este agraciado também com uma mini lan-house. Mais dois banheiros dão suporte ao espaço térreo do sindicato

A união dos servidores pertencentes a Justiça Federal, a Justiça do Trabalho e a Justiça Eleitoral do Rio Grande do Norte, em um só sindicato foi algo que, a exemplo do que aconteceu em diversos estados do país, só fortaleceu a nossa categoria. É nesta entidade que conduzimos o nosso futuro e que construímos o nosso destino. Faça parte dela. Filie-se!!!

Convênios, dúvidas, reclamações e sugestões
Fale conosco!

84 3231-0152
contato@sintrajurn.org.br